A idolatria do bem estar

 

Arthur Ashe foi um grande tenista afro americano nascido em Virginia, Estados Unidos. Foi o primeiro negro a fazer parte da equipe que disputaria a Copa Davis, sendo campeão por duas vezes e também campeão em Wimbledon. Além disso, Ashe foi um lutador contra as políticas raciais no Sul da África.

Em 1988 veio o grande golpe. Após uma transfusão de sangue devido a uma cirurgia, ele contraiu o vírus da AIDS. Por ser um ícone americano, muitas pessoas mandaram cartas de apoio e em uma carta específica a seguinte pergunta: Porque Deus teve que escolher você para essa terrível doença?

Arthur respondeu: No mundo 5 milhões de crianças aprender a jogar tênis, 5 mil conseguem jogar em torneios importantes, 50 chegam a Wimbledon, 2 a final.

Quando eu estava levantando os troféus nunca perguntei a Deus “Porque eu Senhor?” e hoje na minha dor, eu não vou perguntar.”

Temos uma tendência a questionar a Deus quando as adversidades chegam em nossas vidas, temos a dificuldade de lidar com problemas de saúde, morte, problemas financeiros, solidão, dificuldades nos relacionamentos, etc. O ser humano busca uma constante satisfação e bem estar, e geralmente a primeira pessoa a ser colocada “contra a parede” é o próprio Deus.

Em contra partida, quando recebemos um aumento de salário, ganhamos um presente, somos curados, estamos cercados de pessoas que nos amam, desfrutamos de uma vida de paz, não questionamos ao Senhor “Porque eu?, porque comigo?”, e pior, pensamos que é algo merecido e que Deus tem a obrigação de nos abençoar.

Esse tenista nos ensina a mesma lição que Jó quando perdeu tudo: “O Senhor deu, o Senhor levou, bendito seja o nome do Senhor.”

No mundo teremos aflições, vamos sofrer, vamos perder pessoas que amamos, vamos adoecer, vamos sentir saudades, vai ser difícil!!! Mas Jesus disse, tenham bom animo, Eu venci o mundo.

Que Deus nos ajude a viver a palavra: Dando sempre graças POR TUDO a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Efésios 5:20

Gratidão gera intimidade, e é isso que o nosso Pai quer.

Em Cristo

Danúbia

2 comentários em “A idolatria do bem estar

  1. Simplesmente corta a alma.
    Que nós mulheres cristãs tenhamos tal intimidade com Deus a ponto de saber receber o bem como misericórdia e mal como merecido.

    Filhota que sua vida continue essa preciosidade nas mãos do Senhor.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s