É o fim do mundo mesmo!

Não temos como calcular o dia e nem a hora da vinda de Jesus, a bíblia assim afirma, mas os sinais de que estamos vivendo os finais dos tempos são claros.

Muitos são os sinais, mas há um deles que me chama a atenção. Jesus disse: “E por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos” (Mateus 24.12).

Começamos o ano de 2019 com inúmeros desastres; chuvas, pessoas morrendo em acidentes aéreos, adolescentes morrendo queimados, soterramento tirando a vida de mais de 400pessoas, guerras, assassinatos. Só no Brasil uma mulher é morta a cada duas horas.

E não somente nessas grandes tragédias, mas vemos isso no dia a dia mesmo: famílias sendo destruídas por conta do orgulho, pais que não se relacionam com seus filhos, esposas que falam mal dos seus maridos, insubmissas, maridos omissos, pais ausentes, filhos que desrespeitam os pais, brigas, faltam de empatia, dificuldade de relacionamento no trabalho, escola, há pouca tolerância, pouca paciência, há pouco perdão, o amor se esfriando…

Significado de iniqüidade: ανομια [anomia] (Substantivo feminino) Como uma partícula negativa- “sem”, e νομος [nomos] “lei” = “sem lei”). Negação da lei. Ilegalidade, falta de conformidade com a lei, violação da lei, desacato à lei, iniqüidade, impiedade.

Em suma, iniqüidade é a ação contra qualquer lei ou regra.

A relação que Jesus apresenta é inversamente proporcional: o crescimento da iniqüidade implica no enfraquecimento do amor.

Estamos inseridos nesse contexto de caos, e as vezes podemos até nos desanimar diante de tamanhas atrocidades, a Palavra de Deus afirma que “nos finais dos tempos o amor de muitos de esfriaria”, mas também afirma que nos finais dos tempos “Ele derramaria do Seu Espírito.”

E ISSO PRECISA SER UM BALSAMO PARA O NOSSO CORAÇÃO!

Joel  2.28 e 32 diz: E, depois disso, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os velhos terão sonhos, os jovens terão visões. Até sobre os servos e as servas derramarei do meu Espírito naqueles dias. E todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo, pois, conforme prometeu o Senhor, no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento para os sobreviventes, para aqueles a quem o Senhor chamar.”

O derramar do Espírito é caracterizado como capacitação para evangelizar, para amar, para perdoar, capacitação de permitir a ação ou produção do fruto do Espírito em nós. É sermos cheios de Deus para exalar vida!

O texto que lemos de Joel inicia com “E depois”, mas depois do que o Senhor derramará o Seu Espírito?

O texto nos mostra nos versículos 12-14 o próprio Senhor dizendo:  “Agora, porém”, declara o Senhor, “voltem-se para mim de todo o coração, com jejum, lamento e pranto. Rasguem o coração, e não as vestes. Voltem-se para o Senhor, para o seu Deus, pois ele é misericordioso e compassivo, muito paciente e cheio de amor; arrepende-se, e não envia a desgraça.”

É tempo de tirar as máscaras, de tirar a roupa de festa e colocar trapo de imundícia, é tempo de converter nosso riso em pranto e nos humilharmos diante do Senhor buscando ter uma vida de coração quebrantado e não só um momento. (Tg 4.7-10)

O primeiro passo é reconhecer quem somos: pecadores, depravados, maus, orgulhosos, maldizentes, reclamões, criticões, mentirosos, adúlteros, desobedientes, incompassivos, e muito mais! Não somos melhores do que os outros, não somos mais santos, mas dignos, não somos por melhor que pareça que somos! Por isso necessitamos desesperadamente desse derramar de Cristo em nós.

O amor de muitos está de esfriando, mas não de todos!! Deus está separando para Si aqueles que não se deixam corromper, mas permanecem fiéis a Ele.

Onde está você nessa situação? Seu amor por Deus e pelas pessoas está diminuindo? Seu desejo por ser cheio do Espirito Santo está aumentando?

Reflita um pouquinho

Com amor.. que só está aumentando..

Danúbia

Amando os não amáveis

Você ama alguém? Você tem amigos? Você gosta tanto de alguém que tem prazer em ajudar essa pessoa? Mas e quanto a decepção, você já se decepcionou com alguém? Alguém já te deixou com raiva? Você já teve algum tipo de problema de relacionamento com alguém?

Pois é, nossa vida é composta por pessoas! É feita de relacionamentos e esse é justamente um dos maiores desafios dos últimos tempos: relacionar-se de forma saudável.

Você já disse ou ouviu a expressão: “aquela pessoa é difícil”?  (geralmente essa frase vem com aquela cara de desdém), não é mesmo?

Se relacionar nunca foi e nunca será fácil mesmo com as pessoas que mais amamos. Somos diferentes!  Cultura, educação, idade, temperamento, enfim, muitas coisas nos diferem.

Há pessoas em nossas vidas que são bálsamos de Deus, amizades que agregam valores, trazem alegria para a alma, mas…há pessoas em nossas vidas que dizemos: que pessoa difícil!, “tá” difícil para amar, Deus só pode estar provando minha paciência…e por ai vai.

Como amar os “não amáveis”?

O valor de um objeto é determinado pelo preço que alguém está disposto a pagar. Há colecionadores que pagam milhões de dólares por seus objetos estimados, não se importam com o preço, pagam porque amam.

As pessoas que você ama e as pessoas que você tem dificuldade para amar têm um valor caro, custaram o sangue de Jesus na cruz e, como Paulo disse, o amor de Jesus me obriga a amar o próximo, porque o valor da pessoa não está naquilo que ela faz ou em quem ela é, mas no que Jesus fez na cruz.

Jesus sempre será o maior mestre na arte do amor (e em todo o demais). Ele amou pessoas não amáveis, depravadas, imorais, como eu e você e isso precisa ser motivação para eu respirar fundo e me dispor a amar aquela pessoa difícil aos meus olhos. A cruz é a maior lição da escola da vida.

 “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo[l] e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos[m] e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos. Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa vocês receberão? Até os publicanos[n] fazem isso! E se saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês.

Como amar os “não amáveis”?  Olhando para Jesus, olhando para mim e entendendo que se Cristo vive em mim, Ele me dá forças para amar.

Com carinho

Danúbia

Bezetacil da alma

Você já tomou uma injeção de Bezetacil? Dói…dói muito, mas esse fim de semana doeu mais ainda em mim, porque minha filha precisou tomar devido a uma forte infecção de garganta.

É sempre ruim ver um filho chorando de dor, mas dessa vez Deus realmente quis falar comigo. Eu precisei ficar de frente para ela, olhando nos olhinhos dela enquanto ela gritava: “mamãe dói, dói, me tira daqui” e eu apenas dizia “ calma filha, mamãe está aqui, é para o seu bem, vai passar”.

Nesses instantes, como um flash em minha cabeça eu me lembrei das inúmeras vezes que eu estava dessa mesma maneira, chorando e falando com Deus que estava doendo, para que Ele me tirasse de tal e tal e tal situação. E justamente nesse momento ouvi Deus falando comigo: “viu só, Eu estava lá com você, olhando atentamente, mas não podia te tirar porque você precisava de uma injeção que trouxesse cura para o seu coração, remédio para aumentar sua resistência e fortalecer sua alma.”  E Ele sempre me dizia, vai passar filha, vai passar, e não é que passou mesmo!

Eu cheguei em casa, e depois que tudo se acalmou, abracei meu esposo e chorei, mas agora chorei de alegria e gratidão!

Ei, Deus está com você, ele vê sua dor, Ele está cuidando de você e sarando seu coração. Calma, vai passar e você será ainda mais fortalecido.

Vemos isso em Jesus, Ele sofreu, chorou, enfrentou abandono, traição, solidão, ausência de respostas, mas depois de sua morte, Ele ressuscitou, e está sentado no trono e nos deu a condição de viver com Ele para sempre! Passou !

Apenas permaneça, como diz Jonh Piper “abrace o sofrimento” e contemple a cura e restauração de um Pai que não tira os olhos de você!

Com carinho,

Danúbia

Conheça o sentimento necessário para se viver bem

Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram. Romanos 12:15.

Sabemos bem o que é a antipatia, sabemos também o que é simpatia, e empatia, você sabe o que é?

Segundo o dicionário, empatia significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.

Deus tem me dado o privilégio (e digo privilégio de verdade) de passar por alguns sofrimentos e sem dúvida o sofrimento é didático, ele nos ensina muitas coisas, e uma das coisas que quero destacar desses momentos é o aprendizado da empatia.

Hoje consigo sentir e entender a dor de amigos que têm buscado ajuda e é tão bom poder ajudar, orar e contribuir de alguma maneira. É bom poder compartilhar sobre a fidelidade de um Deus que ama, que cuida, que supre, que perdoa, que faz milagres, etc.

Sem dúvidas tudo o que você está passando hoje poderá servir de consolo para os que te cercam.

Entretanto quero destacar algo mais, ser empático não é apenas chorar com os que choram, mas sorrir com os que se alegram também, e talvez para muitos isso seja ainda mais difícil.

Se alegrar com alguém que recebeu uma promoção no trabalho mesmo que você estivesse esperando por isso, se alegrar com alguém que está grávida, mesmo que você queira tanto engravidar, sorrir para aquela amiga que se casou, mesmo que você continua sem namorado, se alegrar com os que se alegram!

Em tempos onde o orgulho e egoísmo estão imperando em nossa sociedade, vamos clamar a Deus que nos ajude a praticar o que está em Filipenses 2: “Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. 4 Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros.5 Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus,6 que, embora sendo Deus[a], não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se;7 mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo[b],tornando-se semelhante aos homens.8 E, sendo encontrado em forma[c] humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz!

Cristo é nosso exemplo, Cristo é o meio pelo qual podemos ser empáticos, Cristo é Aquele que será glorificado através da nossa empatia.

Em Cristo,

Danúbia

 

Todo mundo tem um mas…..

Abraão era um homem de fé, mas…. mentiu

Moisés era manso, bom líder, mas…. matou um homem e desobedeceu a Deus

Gideão era um guerreiro, mas…. teve medo

E assim vai, na história da bíblia e na dos grandes homens da história vemos homens e mulheres fantásticos, com qualidades incríveis, mas… que em algum momento falharam, tiveram suas debilidades expostas, mostraram sua humanidade e por isso eles deixam de servir? De fazerem a diferença? De serem usados por Deus?… definitivamente não!

Aquela mulher que foi pega em adultério, lembra? Depois que as pedras caíram das mãos dos seus acusadores, Jesus olha pra ela e diz, vai e não peques mais!

Ele não disse fica aqui, se esconda, se tranca no quarto, deixa de trabalhar, deixe de congregar porque você era uma mulher de família, mas….

Talvez você seja uma pessoa com qualidades incríveis, mas…que falhou em algum momento, mentiu, roubou, fez fofoca, guardou mágoa, reclamou demais, traiu.. Ei, Jesus te perdoa e te diz: Vai!!!!!

O amor de Jesus cobre a multidão dos pecados, isso é maravilhoso, podemos andar em novidade de vida e livres da culpa do pecado. Vida assim, só Jesus pode dar!

Na vida cristã não se trata de ser perfeito, mas se trata do quanto eu avanço em minha caminhada com Jesus!! Não pára não, não desanima não!

Você pode ter muitos mas…… mas ainda assim Deus não desistiu de você! Avance.
Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. Fp 3. 12-14

Daquela que tem um monte de mas…..

Danúbia

De volta…

 

Uau!! Quanto tempo não passo por aqui.

Confesso que minha vida foi uma montanha russa nos últimos meses.

Resumindo… após quase sete anos servindo ao Senhor na Argentina, nós voltamos para Brasil e Deus já nos incumbiu uma nova missão, agora no interior de São Paulo, cidade linda chamada Catanduva.

Estamos bem, as crianças se adaptando e todos estamos animados com o novo de Deus pra nós.

O que reaprendi com todas essas mudanças?

 

Deus tem total e absoluto controle das nossas vidas.

O sofrimento de fato é leve e momentâneo

Não há maior amor do que dar a vida por seus amigos

Saudade… eu sentia lá dos que são daqui e agora sinto dos que são de lá, mas ela sempre vai existir

Pessoas…ah as pessoas… só me cabe pedir amor que vem do Alto para amá-las, porque sinceramente falando, começando por mim, não é fácil! Rs mas eu ainda acredito que enfrentar a cruz foi mais difícil!

E poderia continuar por muitas folhas escrevendo, mas termino meu ano com a certeza que  Deus é bom e escolher caminhar com Ele não pelo que vejo, mas pelo que eu creio é a melhor escolha…escolha que partiu Dele, que me escolheu, me amou, me chamou não porque eu tivesse algo de bom para oferecer, mas simplesmente por que Ele é amor e eu sou simplesmente filha.

E você, o que aprendeu desse ano?

 

O que você tem nas mãos?

 

Há um tempo atrás escrevi um post sobre a habilidade de Deus usar pessoas improváveis e fazer coisas improváveis para manifestar sua glória, e hoje quero falar sobre objetos improváveis que Ele usou e como isso pode ser aplicado em nossa vida hoje.

Vara, estilingue, pedra, cântaros, machado, azeite, farinha entre outros, foram objetos que Deus usou para que o povo enxergasse a grandeza do Deus que TUDO pode.

Não se tratava da capacidade da pessoa, mas da disposição para ser capacitada. Davi era pastor de ovelhas e não atleta de tiro ao alvo, Moisés também era pastor de ovelhas e não mágico, mas em cada um desses homens e mulheres havia a disposição em cumprir a vontade de Deus e ser útil em suas mãos e Deus honrou isso e confirmava sua aprovação dando vitória nas guerras.

O que você tem em suas mãos? A bíblia diz que pelo menos um dom todos temos. Qual é o seu?

Muitos querem os holofotes, as plataformas, querem o reconhecimento das pessoas, mas esse é o nosso tempo de manifestar a grandiosidade de Deus e ser como Jesus nas coisas simples.

Deus tem nos dado tantas condições para servir ao próximo e manifestar assim o seu amor, Romanos 8:19 diz: “Por isso, a criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus.”

Talvez você saiba costurar, que tal costurar roupas para levar nos asilos, orfanatos, consertar roupas e enviar para os campos de refugiados. Você sabe escrever? Você pode enviar cartas com palavras de ânimo aos que estão presos. Você sabe tocar? Cantar? Pode ir aos hospitais, praças, asilos levar a mensagem de Cristo. Você sabe sorrir? Abraçar? Poderia fazer parte da recepção da sua igreja, esse momento é tão importante. Você sabe cozinhar? Acredito que seria ótimo levar pães caseiros, sopas e bolos para as comunidades mais carentes. Já imaginou como seria lindo se você chegasse na casa de uma mãe com recém-nascido e desse uma maõzinha na limpeza e ordem da casa?

São coisas tão simples, mas é onde a semente do amor estará sendo plantada e no tempo de Deus brotará.

Se disponha e deixa Ele te usar nessa área da sua vida que nem você deu valor e assim manifestar a Glória Dele!

Em amor,

Danúbia

A casa caiu, e agora?

A frase “a casa caiu” é familiar para você? Despertador que não funciona e todos chegando atrasados na escola e trabalho, a comida que queimou no fogão, bebê que chora de dor de ouvido, filhos adolescentes a beira de um colapso, mãe cansada pelo trabalho árduo dividindo-se entre casa, trabalho, filhos, marido, pai esgotado do trânsito, insegurança, problemas no trabalho, dívidas e enfermidades.

Discussões, problemas, e as tais diferenças de compatibilidade. Temperamentos, maneira de expressar, expectativas, ações e reações! Tudo é diferente entre os membros de uma família! E diga-se de passagem, só Deus para fazer dar certo essa combinação maravilhosa, estimulante e desafiadora chamada família. Mas o que faz com que um homem tenha paciência com a mulher controladora? O que faz com que um filho respeite seus pais, ou uma mulher suporte o mau humor do marido, o que faz a casa não cair?

Vivemos em uma sociedade onde os relacionamentos estão cada vez mais baseados nas emoções. Enquanto me sinto bem, feliz e tenho minhas necessidades satisfeitas, está tudo bem, caso contrário, se recorre ao divórcio, filhos vão morar sozinhos, ou simplesmente todos vivem debaixo do mesmo teto, mas sem um relacionamento interpessoal bíblico saudável.

Há uma frase de Jonh Piper que eu gosto muito: é a aliança que sustenta o amor!

Quando um casal assume o compromisso público através do casamento, uma aliança é feita. Quando um bebê nasce, uma aliança é feita. E Deus é o Deus das alianças! Foi assim desde o Éden, passando pelo povo de Israel, por Cristo e terá seu ápice na vinda do Messias.

As dificuldades na família são tão reais e de diferentes proporções, mas o que cola, une, edifica e mantém é o amor sustentado pela aliança, por esse compromisso feito primeiramente com Deus. A vida real é repleta de adversidades, por muitas vezes vamos nos decepcionar com nossos maridos, nos irritar profundamente com nossos filhos e perguntas do tipo: será que estou fazendo o correto? esse casamento vale a pena?… podem passar pela nossa cabeça, mas o que nos mantém no foco é: eu fiz uma aliança, eu tenho um compromisso feito diante de Deus e preciso honrar isso.

Com sabedoria se constrói a casa, e com inteligência se consolida. Provérbios 24:3.Tanto a sabedoria como a inteligência vem do idealizador da família e é só pedir, Ele dá de graça!

Quando vierem as dificuldades, as decepções, a vontade de desistir da sua família, lembre-se Deus fez uma aliança com você e Ele não vai desistir, Ele te ajuda e te sustenta com Sua destra fiel! Peça a Ele sabedoria, inteligência e atue não segundo as emoções, mas baseada nas doces palavras de Deus, cuja essência é o amor.

Com carinho,

Danúbia

Quando Deus fala comigo através dos meus filhos…

Sempre aprendo com meus filhos e na semana passada tive duas preciosas lições que gostaria de compartilhar com vocês.

A primeira aconteceu logo pela manhã, enquanto eu preparava o café da manhã, meu filho de 5 anos me perguntou: Mamãe, Deus ainda fala com a gente igual Ele falou com Samuel, assim: Samuel, Samuel?”. Parei tudo, me sentei com ele e expliquei as mais variadas formas que Deus fala com a gente e ao final ele me disse: Eu quero tanto, tanto ouvir a voz de Jesus no meu ouvido igual eu ouço a voz do papai…

UAU! Tão pequeno e já desejoso de ouvir a voz de Cristo, tão pequeno e com fome e sede de beber da água da Vida.

Em um mundo tão corrido, somos impulsionados a fazer tantas coisas, deixamos de estar aos pés de Cristo ouvindo a sua voz, e quando nos damos conta, já não reconhecemos a voz do Bom pastor. E quanto menos ouvimos, mais nos distanciamos da única fonte de ViDA.

Que nosso desejo por ouvir a Cristo e estar com Ele seja maior que qualquer outra coisa nessa vida.

E a segunda lição foi com minha pequena de 2 anos. Lía fala apenas em português e essa semana fomos fazer uma visita e chegando lá havia uma menina mais ou menos da mesma idade que só fala em espanhol. As duas queriam brincar juntas, mas não conseguiam se entender com o idioma, mas rapidamente elas solucionaram o problema: começaram a se comunicar com gestos! E toda a noite brincaram e desfrutaram daquele momento.

Nas relações interpessoais na família, na igreja, na sociedade em geral é extremamente necessário esse comportamento. Podemos não entender ao outro e vice versa, podemos pensar diferente, mas isso não pode nos impedir de tratar com respeito, amor, e buscar a melhor maneira de desfrutar a vida juntos, mesmo que essa maneira seja estar em silêncio. A vida nem sempre se trata de ter razão. O altruísmo é uma qualidade que falta muito nos últimos tempos, mas Cristo foi assim, e é nosso perfeito exemplo.

Ver a Cristo nas pequenas coisas do dia a dia aumentam a nossa fé. Não deixe passar em branco momentos simples como esses que tive com os meus filhos, Deus sempre quer falar ao nosso coração e acrescentar mais Dele em nós.

A teologia não se aprender apenas em seminário, mas em casa também, com pequenos professores de maneira simples e profunda, assim como Jesus.

Da aluna,

Danúbia

Perdão: fácil falar – difícil viver

Texto Base: Mateus 18: 21-35

C. S. Lewis disse que é mais fácil falar sobre perdão do que perdoar. É fácil falar sobre o perdão até que você tenha alguém para perdoar. É um desafio amar quem nos persegue, quem fala mal de nós ou quem nos fere com suas palavras e atitudes. Alguém disse: “Eu amo a humanidade, o que eu não tolero são as pessoas”.

Deus olhou para o homem no Éden e disse que não era bom que o homem estivesse sozinho. Deus criou o homem para se relacionar, para estar com as pessoas, tanto que quando alguém está na cadeia e comete algo muito grave, é mandado para a solitária como uma forma de castigo.

Acredito que os relacionamentos sejam a principal estratégia de Deus para moldar o caráter do ser humano.

Temos que lidar com diferentes personalidades, criação, humor, contextos familiares, caráter, temperamento, e tudo isso requer muito amor, mas Deus é amor e nós somos seus filhos, portanto, com a ajuda Dele é possível, amém?

1 Coríntios 13.5 : O amor não se comporta indecorosamente; ele não se preocupa com si mesmo, ele não fica irritado, ele não leva em conta o mal recebido ou ainda em outra versão: Não exige que as coisas sejam feitas à sua maneira. Ele não fica irritado ou mantém um registro das ofensas recebidas.

Isso é um fato: nós descepcionamos as pessoas (somos imperfeitos) e as pessoas nos decepcionam. Intencionalmente ou não. Isso acontece porque estamos vivendo em comunidade.

Mas a ideia de Deus não é que vivamos uma vida com problemas nos relacionamentos, cheios de feridas em nossa alma, ferimentos que podem causar problemas físicos também (os psicólogos dizem que uma grande parte dos problemas emocionais está enraizada em relacionamentos errôneos.) A maioria dos suicídios ocorre devido a relacionamentos não saudáveis.

Não podemos impedir que alguém nos insulte ou tenha uma atitude inadequada, mas podemos evitar que isso cresça dentro de nós e gere ressentimento, rancor e amargura. Existe apenas um remédio para curar as feridas causadas nos relacionamentos: PERDÃO.

O texto base diz que Pedro veio a Jesus e lhe perguntou sobre o perdão. Pedro sempre foi exagerado em suas declarações e aqui novamente notamos isso, porque os rabinos ensinaram que deveria se perdoar até 3 vezes, então Pedro cita mais da metade e pergunta a Jesus se devemos perdoar 7 vezes.

Pedro pede uma medida justa para o perdão e Jesus diz a ele: coloque o perdão em prática e esqueça a medida.

A palavra “perdão ou perdoar” vem da palavra grega “APHIEMI” e significa, entre outras coisas, deixar para trás, sair, absolver, cancelar uma dívida.

Nossa dívida era impagável, merecíamos o inferno porque somos maus, mas Cristo pela graça nos perdoou, ele removeu a nossa dívida, não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus, nós somos livres e porque muitas vezes nos custa tanto fazer o mesmo?

Orgulho, egoísmo, egocentrismo, indiferença, falta de amor são algumas das causas.

O ato de pedir perdão e perdoar é uma decisão, que requer amor, abnegação e sobretudo desejo ardente em agradar a Deus.

Sejam compreensivos uns com os outros e perdoem quem os ofender. Lembrem-se de que o Senhor os perdoou, de modo que vocês também devem perdoar. Acima de tudo, revistam-se do amor que une todos nós em perfeita harmonia. Permitam que a paz de Cristo governe o seu coração, pois, como membros do mesmo corpo, vocês são chamados a viver em paz. E sejam sempre agradecidos. Colossenses 3 13- 15

Não é nada fácil… mas acredito que enfrentar a cruz foi muito mais difícil!

Com carinho…

Danúbia